Um oferecimento do Instituto Oceana de Tecnologia do Desenvolvimento Humano

Como Direcionar
Sua Carreira e Seu Dinheiro

Picture 545É sempre comum ver pessoas que acreditam que tudo que precisam é de “dinheiro” para transformarem suas vidas.

“Se eu tivesse dinheiro, faria aquilo que sempre quis fazer.”

Comum também é perceber o que as pessoas dizem para si mesmas sobre o motivo delas não terem o dinheiro que querem:

1 – Não tenho tempo
2 – A economia não está boa
3 – Ainda não me organizei
4 – Não tem trabalho pra mim
5 – Dinheiro não dá em árvores
6 – Não consigo guardar, porque preciso viver com qualidade

Etc, etc, etc…

Um dia desses eu estava conversando com um cliente que desejava expandir seus próprios negócios. Ele entrou nesse exato assunto. Disse que queria formar um legado para si e pros filhos, e que tinha um grande plano que seguiria, que envolveria muitas outras pessoas. O plano era nobre e, se desse certo, faria uma grande diferença financeira para ele e sua família.

Eu já tinha ouvido o mesmo discurso desse cliente, antes. Na verdade, uma parte do plano já está implementada com sucesso, e realmente fez diferença em suas finanças. Mas agora, quando o vi retornar ao assunto para dar o próximo salto, perguntei:

“Se você tivesse todo o dinheiro que precisa pra fazer o que quer… Ao que dedicaria sua vida?”

Ele titubeou, hesitou em responder. Isso é um sinal claro de que não tinha facilidade em pensar sobre a idéia de ter “todo o dinheiro que queria”.

Mesmo assim, insisti que ele respondesse.

Inconscientemente, ele começou a responder, mas não à pergunta que fiz. Desviou o assunto sem perceber. Isso acontece com frequência em sessões de coaching, e é aí que percebo o quanto muitas pessoas – inclusive as bem sucedidas – estão condicionadas a saírem do seu próprio caminho.

LEIA TAMBÉM:  Se Deus Faz Isso, Eu Também Faço

Interrompi-o e refiz a pergunta:

“Se os seus problemas sobre dinheiro estivessem resolvidos, ao que se dedicaria?”

Pensou um pouco. Seus olhos brilharam, seu sorriso se abriu:

“Me dedicaria a escrever romances.”

Está claro que existe um número enorme de pessoas que está tentando forçar um plano financeiro que não querem seguir, de verdade. É óbvio que não é “forçando a si mesmo” que você vai conseguir se sentir confortável com o dinheiro.

É fato que todas as mais imensas fortunas foram construídas sobre uma grande paixão e obsessão saudáveis. Steve Jobs, Bill Gates, Warren Buffet, Carlos Slim… Esses são caras que adoram (ou adorava, no caso de Jobs) o que faziam.

Sem realmente fazer o que se ama, você até pode ter dinheiro. Porém, quem disse que vai aproveitar a sua vida como merece?

Se interessa a você rever seu plano de carreira e seu planejamento financeiro, uma das ferramentas cruciais para lidar com seu desenvolvimento próprio é a compreensão mais aprofundada das suas emoções. Se você está pronto para entender se é capaz de transformar as suas, então você pode aprender mais na ferramenta de autoavaliação online que eu disponibilizei no link a seguir:

Você sabe controlar suas emoções?

Abraços Fraternos,
Rodrigo Santiago – Coach
Diretor da Meta-Coach Foundation Brasil.

Compartilhe...Tweet about this on TwitterShare on Google+Share on FacebookEmail this to someone

Rodrigo é co-fundador do Movimento Espalhe o Amor, com mais de 1 milhão de fãs nas mídias sociais. Com mais de 1500 horas de experiência atendendo clientes individualmente e treinamento em várias cidades do Brasil, Rodrigo é capaz de levar praticamente qualquer pessoa a conquistar o domínio sobre suas próprias emoções em situações complicadas, utilizando para isso apenas o diálogo. É referência entre os profissionais da área e membro do time de liderança da International Society of Neuro-Semantics (ISNS) - uma organização presente em mais de 60 países que redefiniu o que é Desenvolvimento Humano.

LEIA TAMBÉM:  Quem Você "É" Não Determina Seu Sucesso

Deixe Uma Resposta